1 de outubro de 2017

Roteiro de Berlim, Alemanha: Dia 01 - Por Passagem Gastronômica

Para quem está indo para Berlim, essa é uma ótima sugestão de roteiro pela cidade! A querida Patrícia, do Passagem gastronômica fez um roteiro ótimo que divido aqui com vocês!


O que não falta em Berlim são opções. A cidade é recheada de museus, bairros interessantes e restaurantes para se visitar. Nós passamos cerca de 3 dias em Berlim e foi suficiente pra conhecer as principais atrações turísticas. Mas o ritmo pra visitar tudo isso em 3 dias foi bem puxado, então se quiser ver com calma e curtir as várias atrações da cidade pode considerar adicionar mais alguns dias neste roteiro de Berlim.
Quando montei meu roteiro de Berlim dividi o post por dia de passeio tentando otimizar o tempo para visitar todas as atrações que me interessavam naquela região. Vou replicar a mesma idéia aqui no blog para facilitar pra quem visita Berlim!
Para montar este roteiro usei bastante o GUIA DE BERLIM da Karen Hofestetter e o blog SIMPLESMENTE BERLIM como referência (ambas moram em Berlim e passam várias dicas legais da cidade).
Uma dica que pode ser interessante para quem tiver planos de conhecer os museus de Berlim é comprar o MUSEUM PASS, válido por 3 dias consecutivos e tem mais de 60 museus credenciados.
Dia 1
1. Badeschiff an der Arena
Uma atração que é popular pra quem visita Berlim durante o verão – que pode atingir temperaturas bem altas – é esta piscina que foi construída no Rio Spree. Para usar a piscina você paga por volta de 4 euros.
Endereço: Eichenstraße 4 / Horário: Das 8h às 24h (de maio à setembro) / Site: WWW.ARENA-BERLIN.DE/PORTFOLIO/BADESCHIFF/
2. East Side Gallery
Com certeza esta atração está entre as mais visitadas de Berlim, tratando-se do mais largo trecho do muro de Berlim conservado até os dias de hoje. Ele foi convertido em uma espécie de galeria aberta com obras de diversos artistas que foram pintadas ao longo do muro e que retratam acontecimentos políticos relacionados a divisão da cidade em duas zonas de influência. O mais triste é que muitas pessoas escrevem seus nomes nas obras depredando este patrimônio tão importante. Algumas obras foram restauradas em 2009, mas infelizmente muitas já apresentam o mesmo problema.
Endereço: Mühlenstraße / Site: WWW.EASTSIDEGALLERY-BERLIN.DE/

3. Kreuzburg
Durante a divisão da cidade em ocidental e oriental, este bairro atraiu muitos hippies, artistas e imigrantes. É um bairro interessante pra se conhecer e com várias obras em grafite. Esta região é bem grande e tem muitas atrações. Uma parte que visitamos e adoramos foi próxima ao East Side Gallery que é cheio de grafites (para se localizar a parte que visitamos fica entre a Oberbaum e o comecinho da Falckenstein Street).
Aliás, quem passar por essa região existem diversas opções de restaurantes. A opção (a) fica bem próxima do East Side Gallery e as outras três a cerca de 21 minutos andando do Museu Judaico, em bairro super gostosinho pra passear.
(a) BURGERMEISTER (Oberbaumstraße 8) – Um dos melhores hambúrgueres que comi em 2014! O lugar é super informal já que fica embaixo de um viaduto. É ótimo ainda pra quem quer comer rapidinho pra bater perna pela cidade.
(b) Mr. Minsch (Yorckstraße 15) – Esta confeitaria vende bolos e cheecakes bem gostosos. O que comi era de Quark, um queijo típico da Alemanha que lembra um pouco uma ricota e que substitui o cream cheese. Bem gostoso!
(c) CURRY 36 (Mehringdamm 36) – Nós acabamos não comendo lá mas trata-se de um lugar bem popular em Berlim. Lá é servida a típica salsicha de Berlin chamada Currywurst, entre outras opções. É para se comer no balcão e tem um preço muito bom.
(d) MUSTAFAS GEMÜSEKEBAP (Mehringdamm 32) – Por um acaso passamos por essa barraquinha que vende Kebab e que tem uma fila enorme constantemente. Para quem gosta de kebab vale a pena experimentar.





4. Museu Judaico de Berlim
Este é um dos museus mais importantes sobre a história da comunidade judaica. A arquitetura do prédio em si é também impressionante. Ele é cheio de instalações interessantes, como a obra do artista Menasge Kadishman, chamada Folhas Caídas (Shalechet), com cerca de 10 mil diferentes rostos feitos de ferro, simbolizando os judeus que morreram durante a Guerra.
Endereço: Lindenstraße 9-14 / Horário: Das 10h às 20h (às segundas até às 22h) / Site: WWW.JMBERLIN.DE/MAIN/


5. Checkpoint Charlie
Este posto militar era a principal via de acesso entre Alemanha Ocidental e Oriental. O posto original foi transferido para um museu após a queda do muro e o que vemos hoje é uma réplica. É um local bem turístico e muito rápido pra visitar. Quando estiver andando por lá, repare em algumas placas no chão que indicam pontos onde o muro de Berlim estava erguido antigamente.
Endereço: Friedrichstraße 43-45

6. Topografia do Terror
Este é o nome dado para o local onde funcionava antigamente as principais sedes do regime Nazista, reunindo a Gestapo, soldados altamente treinados para proteção de Hitler, entre outros. Além do museu que traz fatos bem terríveis do que se passou nesta sede, ainda é possível ver algumas celas de prisioneiros e uma parte do muro de Berlim.
Endereço: Niederkirchnerstraße 8 / Horário: Das 10h às 20h / Site: WWW.TOPOGRAPHIE.DE/EN/
7. Postdamer Platz
Uma das regiões mais modernas de Berlim, é um centro para compras e lazer. Durante a guerra esta região foi fortemente bombardeada e posteriormente divida entre duas zonas de influência. Posteriormente o local foi todo reconstruído e hoje é uma boa opção para quem quer visitar uma parte mais moderna da cidade e fazer comprar. Quando estiver por lá não deixe de visitar o Sony Center que tem uma arquitetura moderna e ver um pedacinho do muro de Berlim que está preservado por lá.
Endereço: Postdamer Platz / Site: www.POTSDAMERPLATZ.DE/EN


Texto e fotos: Passagem gastronômica 

O conteúdo deste post foi decidido por Vivian Dornelles, autora do Blog dicas de Viagem, tendo como critério a relevância do assunto para os leitores do blog, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebi qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto.

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search