22/08/2011

Castelos que são luxosos hotéis

Eu adoro castelos! Nem sei exatamente o que me encanta mais - a história, arquitetura, as obras ou o conjunto.

Há uns dias atrás, estava no Terra e na sessão turismo saiu essa linda reportagem (que você pode acessar por aqui o link direto para a reportagem do site), não resisti e coloquei aqui no blog. Espero em breve me hospedar em uma desses lugares lindos! Se for no Hotel Crillon de Paris eu não vou ficar nem um pouco brava!

Agora vão as fotos e descrições!


Muitos hotéis - por tamanho, por arquitetura e pela sua rica história - merecem verdadeiramente ser chamados de palácios. O Castello del Nero em Florença, na Itália, é um deles. A origem do lugar remonta ao século XII, quando se tornou a residência de uma rica família de Florença. O castelo se destaca pela sua arquitetura, com torres e uma capela, e recebe com muito luxo visitantes de passagem pela Toscana


Último dos grandes palácios da Índia, na cidade de Jodhpur, no Rajastão, o Umaid Bhawan Palace foi construído entre 1928 e 1943 e tem uma arquitetura impressionante, digna de uma das maiores residências reais da história, com 347 quartos. O lugar virou um hotel em 1977, com interiores Art Déco originais, e até hoje a família real do Rajastão vive em uma de suas alas. (Ai está minha chance de ir para a India!)


Situado ao pé dos Champs Elysées, o Hotel de Crillon é um dos palácios mais luxuosos de Paris, com seus abundantes lustres dourados, cristais, pisos de mármore e obras de arte.


Magnífica vila sobre o Lago de Como, a uma hora e meia de Milão, no norte da Itália, Villa d'Este foi construída em 1568. Além da beleza do lago, Villa d'Este tem um parque com um famoso mosaico no seu centro. A vila tem 125 quartos no edifício original e 27 no Pavilhão da Rainha, inaugurado em 1860.


O Castelo de la Messardière, em Saint-Tropez, França, construído no século XIX para o militar Henri Brisson de la Messardière, tem 45 suítes e 70 quartos com vista para o mar, spa e um parque de 10 hectares.


Situado no vale do rio Ruhr, entre as cidades de Düsseldorf e Essen, no oeste da Alemanha, o Castelo de Hugenpoet foi construído em 1478, destruído em um incêndio e reconstruído em 1756. Hoje tem 26 quartos e suítes com móveis originais.


Construído perto de Galway, no oeste da Irlanda, como mosteiro, em 1228, o castelo de Ashford foi comprado por Sir Benjamin Lee Guinness, membro da família da famosa cerveja irlandesa em 1855 e acabou virando moradia de nobres ingleses. Sua estrutura imponente com torres medievais virou um hotel de luxo em 1939.


Antiga residência do Conde de Valença, o Palácio da Lapan foi construído em 1870 sobre a mais nobre das sete colinas de Lisboa. O local tem uma decoração elegante com contribuições de artistas do século 19 como Rafael Bordalo Pinheiro, um dos maiores ceramistas portugueses da época e Columbano, pintor de retratos.


A história do Taleon Imperial Hotel de São Petersburgo remonta ao século XVIII, quando foi construído como residência da filha do Czar Pedro, o Grande. Desde então, pertenceu a diversas personalidades da cidade, foi um cinema, uma universidade marxista e reabriu como hotel em 2003.


Conhecido como "a joia de Jaipur", na capital da provincial do Rajastão, no oeste da Índia, o Rambagh Palae foi a luxuosa moradia do Marajá e sua mulher a partir de 1835. O local pemaneceu como residência da realeza até 1957, quando foi transformado em hotel.


Obra-prima da arquitetura indiana, construído em 1754 para ser a residência de verão da realeza da época, o Taj Lake Palace situa-se no meio do Lago Pichola, na cidade indiana de Uidapur. Hoje o local é um hotel que se autoproclama "o hotel mais romântico do mundo" e que faz de tudo para continuar com o nobre legado da construção.


No século XVII, o Papa Alexandre VII mandou construir o Palácio Gori Pannilini, em Siena, para o casamento de sua sobrinha. No começo do século XX, o local virou um hotel com uma fachada suntuosa. A decoração é tão magnífica quanto o conjunto do hotel, com móveis e detalhes como frescos e lustres do século 18.


A 350 m do nível do mar, com uma vista impagável sobre a Costa Amalfitana, o Hotel Caruso fica em um antigo palazzo do século XI. Em 1903, um artigo do 'New York Times' sobre o local o catapultou à fama, e o palácio inteiro acabou virando um hotel.


Antiga residência real construída em Istambul no século XVII, o Ciragan Palace era originalmente uma vila, destruída em 1834 para a construção de um novo palácio. Em 1987 o local foi restaurado e em 1990 foi inaugurado este magnífico e luxuoso hotel que é hoje.

Fonte: crédito Terra e reportagem original aqui.

2 comentários:

Gladys A

Esse imagem do palácios Umaid Bhawan da Índia é maravilhosa... Vou sonhar em conhecer!

Anônimo

Para quem está procurando um lugar com mais tranqüilidade e qualidade vida olha o que eu achei http://www.cemara.com.br/quero-minha-casa-no-campo/

Deixe seu comentário: