11/12/2009

Como fotografar

Fotograr é uma maneira de guardar o que se viu. Mas como fotograr, o que fotografar... Já ouvi diversas histórias que não se deve fotografar lugares sem você ou quem está com você estiver na foto. Acho isso uma grande bobagem. Eu adoro fotografar lugares - mesmo que não profissionalmente. Acho que você deve fotografar o que desejar, mas com algumas dicas. Ai vão algumas dicas que a revista Viagem e do Terra:

Tirar fotos durante uma viagem é como eternizar as belas paisagens, os locais por onde você passou e os melhores momentos de um bom passeio. Mas nem sempre as fotos saem como queremos. Para evitar qualquer chateação, o ideal é aprender um pouco mais sobre a arte de fotografar... fotografar bem.
Para tirar uma boa foto, não é necessário ser profissional, mas seguir regras básicas, além de conhecer alguns macetes que ajudam na melhor utilização do equipamento, escolha de um bom ângulo, postura, entre outras coisas.

O primeiro passo para quem pretende obter mais qualidade nas fotos é verificar o equipamento que usa e, se necessário, substituí-lo. As câmeras estão cada vez mais avançadas e compactas que é possível encontrar uma boa máquina por um preço em conta. Na hipótese de não poder trocar o equipamento atual, o ideal é seguir à risca as dicas para tirar um bom proveito da máquina.

Como escolher o equipamento?
Para escolher uma boa máquina fotográfica é necessário questionar primeiro o objetivo. "Se a idéia é fotografar animais marinhos, é importante um equipamento à prova d´água", explica o fotógrafo Rogério Lorenzoni. Mas se a idéia é registrar simplesmente os momentos de uma viagem, o recomendado é ter uma câmera boa para as mais diversas ocasiões.

Câmeras comuns
As câmeras que têm o melhor custo-benefício são as menores e que possuem "zoom", que aproxima ou distancia bem o objeto a ser fotografado. Essas máquinas são mais baratas, compactas, leves, fáceis de usar e dispensam conhecimentos específicos, sem contar que a qualidade das cores é boa. Em geral, elas possuem o flash automático, bom para quem não sabe ao certo quando usá-lo.

Câmeras profissionais
Se você usa a máquina com freqüência e adora fotografar, uma boa opção é ter uma profissional, que oferece muitos recursos manuais. No caso do flash, é útil, pois é possível acioná-lo mesmo durante o dia, recurso muitas vezes necessário. Outra vantagem é a regulagem da distância, que permite uma ótima aproximação ou distância do objeto a ser fotografado, sem perder qualidade. A variedade de lentes, de longo alcance, também é grande.

Câmeras digitais
Cada vez mais novos modelos aparecem no mercado. Elas têm o visor digital, são modernas, leves e compactas, mas têm um preço tão alto quanto as profissionais. Para "revelar" o filme, é necessário conectar a máquina ao computador e depois imprimir as fotos em papel especial. Outra opção é "revelar" os filmes em uma casa especializada. Com alguns modelos também é possível conectar a máquina à televisão e ver as fotos no formato slide-show.

Passo a passo
Se você não entende nada de fotografia, confira algumas dicas básicas para fotografar o que quiser.

1. Posicione a câmera, levando em consideração a melhor posição diante de qualquer luz. Lembre-se que o sol pode ou não ficar fora do visor, dependendo do efeito que você desejar;
2. Observe, além do objeto a ser fotografado, se o que está ao redor vale a pena sair na foto. Cuidado com máquinas que têm o recurso auto-foco, que centraliza a foto automaticamente
3. Enquadre a foto dentro da linha tracejada que se vê no visor;
4. Segure firme a máquina (se puder apoiá-la em algum lugar, melhor);
5. Pronto. Dispare.

Dicas úteis
-A luz deve iluminar o que você quer fotografar. Se não puder mudar a posição, use o flash;
-Evite usar flash automático quando tem a luz no sentido contrário;
-Para fotografar à noite, leve em consideração a distância que o flash da máquina aguenta e deixe a velocidade da máquina lenta;
-Se a máquina tiver o dispositivo contra olhos vermelhos, utilize-o. Ele aciona uma luz parecida com o flash
-Mantenha uma distância mínima de 1,5 metro do que você quer fotografar e evite inclinar a máquina para fotografar algo que não esteja na mesma altura que você. Prefira se agachar ou subir em algo;
-Se você tem tripé, use-o sempre que possível;
-Nem sempre é necessário colocar o objeto da imagem no centro da foto. É interessante "brincar" com os demais objetos que aparecem ao redor da imagem;
-Evite usar o zoom à noite.


Qual é a melhor máquina, digital ou analógica?
As modernas máquinas digitais dispensam filme e trabalham com disquetes reutilizáveis. Para quem tem alguma familiaridade com computadores, elas são o máximo: permitem que você delete uma foto de que não gostou e manipule as imagens. Pois o preço desses prodígios vem baixando rapidamente. Para quem já entende um pouco do riscado e quer continuar se aperfeiçoando, a pedida é uma máquina do tipo reflex, aquelas que permitem que você troque a objetiva, ou lente. Há três tipos básicos de objetivas - grande angular, normal ou tele, que dão muito mais liberdade de criação. Por isso os profissionais em geral usam máquinas desse tipo, mas elas não são recomendáveis para principiantes.

Quais são as melhores marcas?
Ao comprar, prefira marcas conhecidas, como Nikon, Canon, Pentax ou Sony, que garantem maior valor de revenda, para não falar em qualidade da imagem. Se estiver viajando para os Estados Unidos ou o Canadá, aproveite para comprar lá - é mais barato, sobretudo em Nova York, onde se encontram variedade e boas ofertas, e na vizinha New Jersey, que fica do outro lado do rio e pratica impostos menores. Na Europa e no Japão há muita variedade, mas os preços são mas altos até que os do Brasil.

Como ser fotogênico?
Estilo é o segredo para sair bem na foto. Siga as dicas para sair bem na foto:
1) Em vernissages ou lançamentos de livros, prefira as expressões intelectuais.
2) Se você usa óculos, aproxime a armação da ponta do nariz e olhe por sobre as lentes. Na falta do acessório, apóie o rosto com o dedo indicador na sobrancelha e o polegar em uma das bochechas.
3) Se quiser fazer o gênero galã, passe a mão nos cabelos ao notar que o fotógrafo se aproxima e lance para a câmera um olhar meio vago. O diretor de cinema Walter Salles Júnior é perito nessa pose.
4) Não encare a lente. Um ar blasé é muito mais eficiente. Continue conversando com os amigos e finja ignorar a presença do fotógrafo.
5) Quando for você o centro das atenções - seu aniversário, por exemplo, brinque à vontade com a câmera. Desafie as lentes e faça caretas. Não tema o ridículo. O resultado geralmente é simpático.
6) Uma cara de bom moço é meio caminho andado para uma expressão de otário. É preferível um sorriso sacana, à Jack Nicholson, com um charuto entre os dentes.
7) Se quiser passar uma certa dose de sofisticação, fique de perfil e solte com vagar a fumaça do cigarro. No cinema, é tiro e queda.
8) Se você se envergonha do papo sob o queixo, feche a mão e apóie-o sobre ela. Fim do problema. No caso de bolsas nas pálpebras, levante ligeiramente o rosto ao ser fotografado.
9) Na falta de uma idéia melhor de expressão, pisque para a câmera. O truque é velho, mas infalível.

Qual é a luz ideal para fotografar?
Sempre dê uma volta em torno do que você quer fotografar, antes de apertar o botão. Repare de onde vem a luz do sol e dê as costas para ela. Assim seus alvos serão iluminados. A menos que você tenha uma máquina digital com o dispositivo "contra-luz", o qual dispara o flash na hora do clique. Ou dispare o flash (mesmo que seja dia). Já se você quiser um efeito silhueta, no qual o objeto fotografado vira uma espécie de sombra preta, fotogre na contraluz sem dó e não utilize nenhum dispositivo back light da máquina. Isso ocorre porque a máquina percebe onde há mais luz e se regula para essa intensidade. Daí, tudo o que for menos luminoso ficará escuro.

Como proteger minha máquina?
As lentes com um filtro UV impedem os arranhões. Se for para a praia, rio ou cachoeira, leve também sacolas de plástico. Assim, você evitará o contato da areia e dos dedos molhados com a câmera.

O enquadramento é importante para tirar uma boa foto?
O melhor é ter criatividade. Para mudar o monótono esquema "linha do horizonte no meio da foto", imagine o visor dividido em três partes iguais, na horizontal. Então, enquadre a linha do horizonte no terço inferior. Assim, a imagem ganha amplitude. E preste atenção ao fundo, procurando limpá-lo. Por exemplo, ao fotografar uma pessoa com uma árvore atrás, cuide para que os galhos não pareçam chifres plantados na cabeça da coitada.

Fotografar de um bom ângulo é fundamental?
Se perceber que você vai "cortar" a cabeça do fotografado ou que vai acabar escondendo o que pretende mesmo mostrar, mude de lugar antes de apertar o botão da máquina. Por exemplo, suba num lugar para ter visão panorâmica ou abaixe-se para exibir o céu ao fundo.

Qual é o corte ideal de uma foto?
Tenha em mente que aquilo que a máquina fotografa não é exatamente o que você vê no visor, pelo bom motivo de que a lente da máquina não está na mesma posição que seu olho. Esse desvio se chama paralaxe e, para compensá-lo, é preciso enquadrar sua foto dentro da linha tracejada que se vê no visor. Caso contrário, você cortará a cabeça ou os pés de quem estiver fotografando - fato, aliás, muito comum. Esta regra não vale para as máquinas profissionais, ou reflex, que já foram projetadas de modo a neutralizar o problema. E utilize os recursos da sua máquina, como o zoom.

Existe melhor horário para fotografar?
O ideal para fotografar é o mesmo do bronzeado seguro: até às 10 da manhã e depois das 3 da tarde, quando a luz está lateral e suave - e não clara e "dura", como dizem os fotógrafos. Dentro do "horário proibido", a máquina tende a fechar o diafragma, assim como a gente franze os olhos quando o sol está forte. Por isso, os tons claros escurecem. Para fotografar pessoas, essa hora também é péssima, porque produz sombras de cima, que enfeiam os rostos. Caso este seja o único horário possível para a foto, use o flash para diminuir a sombra no rosto do personagem.

É aconselhável fotografar à noite?
À noite, verifique no manual a distância que seu flash agüenta e respeite-a, fotografando apenas o que está dentro desse limite. Não adianta nada usar flash para fotografar paisagens. Mas, para retratar a turma no restaurante, resolve. Se sua máquina tiver aquele dispositivo para corrigir olhos vermelhos, acione-o. Se não tiver, não deixe as pessoas olharem direto para você, para amenizar o efeito olhos de vampiro

0 comentários:

Deixe seu comentário: