8 de abril de 2010

Siena - Toscana, Itália

Siena é mais uma das regiões que faz parte da Toscana. Fica 34 Km ao sul de Florença, tem 118 Km² e faz fronteira com Asciano, Castelnuovo Berardenga, Monteriggioni, Monteroni d'Arbia e Sovicille.

Segundo a mitologia romana, Siena foi fundada por Sénio, filho de Remo, e podem-se encontrar numerosas estátuas e obras de arte mostrando, tal como em Roma, os irmãos amamentados pela loba. Foi um povoamento etrusco e depois colónia romana (Saena Julia) refundada pelo imperador Augusto. Era, contudo, uma pequena povoação, longe das rotas principais do Império. No século V, torna-se sede de uma diocese cristã.

As antigas famílias aristocráticas de Siena reclamam origem nos Lombardos e à data da submissão da Lombardia a Carlos Magno (774). A grande influência da cidade como pólo cultural, artístico e político é iniciada no século XII, quando se converte num burgo autogovernado de cariz republicano, substituindo o esquema feudal.

Todavia, o esquema político conduziu sempre a lutas internas entre nobres e externas com a cidade rival de Florença. Data do século XIII a ruptura entre as facções rivais dos Guibelinos de Siena e dos Guelfos de Florença, que seria argumento para a Divina Comédia de Dante.

Em 4 de Setembro de 1260, os Guibelinos apoiaram as forças do rei Manfredo da Sicília e derrotaram os Guelfos em Montaperti, que tinham um exército muito superior em armas e homens. Antes da batalha, toda a cidade fora consagrada à Virgem Maria e confiada à sua protecção. Hoje, essa protecção é recordada e renovada, lembrando os sienenses da ameaça dos aliados da Segunda Guerra Mundial de bombardearam a cidade em 1944, o que felizmente não veio a acontecer.

Siena rivalizou no campo das artes durante o período medieval até o século XIV com as cidades vizinhas. Porém, devastada em 1348 pela Peste Negra, nunca recuperou o seu esplendor, perdendo também a sua rivalidade interurbana com Florença. A Siena actual tem um aspecto muito semelhante ao dos séculos XIII-XIV. Detém uma universidade fundada em 1203, famosa pelas faculdades de Direito e Medicina, e que é uma das mais prestigiadas universidades italianas.

Em 1557 perde a independência e é integrada nas formações políticas e administrativas da Toscana.

A sua catedral, iniciada em meados do século XII, é um representativo exemplo da arquitectura gótica italiana. A fachada principal, obra de Giovani Pisano, foi terminada em 1380; no interior pode ver-se o púlpito octogonal apoiado sobre leões de Nicola Pisano, e o seu pavimento de mosaicos. Sob a catedral, no baptistério, encontra-se a magnífica pia baptismal com baixo-relevos de Donatello, Ghiberti, Jacopo della Quercia e outros escultores do século XV. A Pinacoteca Nacional de Siena tem importante coleção de obras do Trecento e do Quattrocento.

A praça principal, em forma de meia-lua, é a Piazza del Campo, e é onde se encontra o Palazzo Pubblico (câmara municipal ou prefeitura, século XIV), com o famoso Campanile (campanário), e onde se encontram os afrescos de Simone Martini e Ambrogio Lorenzetti e relevos da Fuente Gaia de Jacopo della Quercia. Nesta praça também está a alta Torre del Mangio. Na Piazza del Campo realiza-se a famosa e emotiva corrida de cavalos chamada Palio di Siena. O Palio é feito duas vezes por ano, a 2 de Julho e 16 de Agosto, com 10 cavalos e cavaleiros, e cada par representa um dos 17 bairros da cidade, designados contrade. Excepcionalmente, em anos de Jubileu realiza-se um terceiro Palio.

Palio di Siena
Foto: Wikipidia

Palio di Siena é uma corrida de cavalos na cidade italiana de Siena que ocorre nos dias 2 de julho e 16 de agosto, desde o século XVII em honra a Nossa Senhora. Dezessete bairros (contrades) participam desta corrida, que desfilam pela praça “Piazza del Campo” com trajes tradicionais e bandeiras , mas a corrida em si é feita somente por dez cavalos, cada um de um bairro, de três regiões da cidade que são escolhidos por sorteio. Cada bairro tem suas cores e o hino. Ganha o cavalo que chegar primeiro, após três voltas ao redor da praça, mesmo que o jóquei já tenha caído. O prêmio é um estandarte criado exclusivamente para cada evento, por um artista local ou de fora. Nos dias de corrida os habitantes e turistas concentram-se no centro da Piazza del Campo para assistir ao evento. As arquibancadas ao redor da praça ficam cobertas de apoiantes organizados que cantam os hinos de cada bairro.

Opiniões, dicas e pitacos:

O Palio é uma festa que mobiliza a cidade inteira. Há uma "briga" entre as contrades (bairros). O ingresso custa em torno de 125 dólares e lota. No centro, as pessoas ficam em pé e não paga-se nada! E não importa, se só cavalo passar - a Contrata ganha. A contrata da minha guia local não ganha há anos (só lembro que tem as cores do Botafogo se alguém souber me avise, por favor?) e ela ficava muito brava quando se falava das outras contratas.. Dura apenas 90 segundos e a celebração dura semanas..

Não dormi na cidade! Então, novamente não faço idéia de dizer que hotel é bom ou ruim, barato ou caro. Restaurantes há diversos na praça onde é realizado o Palio. Todos são bons. Eu comi no que tem diversas opções como massas e pizzas (advinha se anotei o nome - claro que não!), tem um toldo vermelho na entrada!

A cidade é uma graça! Vale a pena a visita e indico que você fique em Florença, chegue cedo em Siena e passe o dia.

Siena será cenário da próxima novela da Rede Globo - Passione de Silvio de Abreu. Além de Siena outras cidades da Toscana entrarão na trama. Aqui você lê um artigo do blog Tocana aí vou eu sobre Passione.

O que fazer em Siena:
Visite o Museo Civico próximo ao Palazzo Publico (1297-1342), o maior palácio onde hoje é a prefeitura. Na Piazza del Duomo fica o Duomo de Siena com a impressionante fachada (1284-1296).

A bela igreja e sua fachada

Interior da igreja


Também tem a Capella di San Giovanni Batista e o Battistero di San Giovanni que tem uma pia bastimal (1417-1430) uma linda escultura. O prédio em frente a catedral é o Ospedale di Santa Maria di Scala que durante 800 anos foi o principal hospital da cidade. Hoje é um espaço para expoisções.

Entenda melhor a Toscana no Giro pela Toscana e leia mais artigos no Toscana ai vou eu.

Aqui você lê uma reportagem sobre o Palio de Siena da Folha Online.

Você sabia?
- Siena e Florença são rivais super antigas devido as guerras medievais.
- Em Siena (e na região da Toscana) você encontra quase sempre, os famoso Pão Forte. Este é como se fosse um bolo de Natal, é tipico no inverno por ser bem calorico. Tem ingredientes como açúcar mascavo entre outras especiarias. Experimente, você não irá se arrepender!

Praça de Siena




Praça onde ocorre o Palio


Fonte: Wikipidia, fotos particulares, Folha Online, Giro pela Toscana, Toscana ai vou eu
  1. Siena está a 37 Km de Florença!!! TEM QUE SER VISTA!!!! MUITO MAIS QUE PISA!

    http://www.blogdicasdeviagem.com/2010/04/siena-toscana-italia.html

    ResponderExcluir
  2. Estive hoje em Siena (29/06/2012). O palio ocorrera na proxima segunda feira dia 2 de julho. É impressionante a mobilização dos moradores da cidade e dos turistas. A cidade está lotada. O calor é infernal nessa época do ano e o famoso sol da Toscana não dá tregua. As igrejas estão muito bem conservadas. A Catedral é de uma beleza e riqueza única, sendo sem dúvida uma das mais belas e ricas de toda a Itália.

    ResponderExcluir
  3. Com certeza era a Contrada della Lupa.. a qual suas cores são preto e branco, enfeitada com laranja.. A contrada que se refere a lenda de que Siena foi fundada por Senius, que junto a seu irmão foi criado por um lobo. Por isso era possível encontrar várias estátuas da loba amamentando os gêmeos.

    ResponderExcluir

Start typing and press Enter to search