16 de jan de 2010

O blog

Hoje andei pensando sobre o blog. Talvez muitos não gostem do que está aqui. Como está ao lado, o objetivo deste é compilar várias informações sobre destinos, do tipo hotéis, restaurantes e as minhas dicas dos lugares que conheço.

Quero que quem chega ao blog, encontre o máximo de informações sobre determinado destino, até porque somente dicas e opiniões tem diversos blogs excelentes, como o da Mari Campos, do Ricardo Freire, o pessoal da Vida de Turista e o querido do Pedro no Turismo & Variedades, além destes citados (que sou uma leitora) exitem outros muitos bons. Tenho que citar mais um blog que entrou neste quesito: a Dani querida do Dicas e turismo, mais uns entram, o Blog de viagens. o Giro pela Toscana da Roberta querida e o Toscana ai vou eu, da Flavinha! Estes, entendem o verdadeiro proposito do blog! Thank's! Cada dia tento arrumar o blog e as dicas são lá do Dicas blogger, da Jú que é um amor. Além da Cecilia Tanaka uma super advogada (também meu crédito e muito obrigada aos meus amigos advogados queridos, estão no meu coração - vocês são o máximo!!) que "conheci" via twitter! Aos poucos vou atualizando as pessoa queridas, que de uma forma ou outra contribuem para o blog!

Gostaria que o leitor que chega aqui e está indo para o Rio de Janeiro, por exemplo, encontre diversos hotéis, restaurantes, onde comprar, onde se divertir... e se eu já tiver ido ao lugar darei minhas opiniões pessoais. Tudo bem, você pode até pensar, "mas eu entro em tal site e no outro e tem as informações que procuro", tai o objetivo, postar o de melhor destes sites em um só lugar sempre citando as referências. Coloco sempre hotéis mais baratos até os mais caros, do mesmo vale para restaurantes e lojas.

Ah, a foto do blog foi encontrada no google e retirada do blog "Mondo Moda"

"Um homem precisa viajar, por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto, sentir a distância e o desabrigo para estar bem sobre o próprio teto. O homem precisa viajar para lugares que não conhece, para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como imaginamos e não simplesmente como é. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos e simplesmente ir ver."
Amyr Klink

Abraços e boa leitura!


A todos amigos!

0 comentários:

Deixe seu comentário: