27 de jan de 2010

Ir ou não ir, eis a questão.

Depois de ler a versão impressa e digital da reportagem "Vai a Paris? Então não vá ver a Monalisa" do J. Pinto (revista Viajem e Turismo - edição de dezembro de 2009), resolvi escrever este post.

Como escrevi ao J., ir a Paris e não ver a Mona Lisa? Sim, talvez muitos criem uma certa expectativa (a minha era que o quadro era maior, tipo Rosa e Azul do Renoir - a obra pertecence ao MASP em Sampa), mas ele é relativamente pequeno. Mas deixar de ir vê-lo? Nem pensar!! Sim, caminha-se muito para chegar lá, tem zilhões de orientais e suas digitais, mas fazer o que? Museus, na minha opinião, não deveria ser evitado (diferente do Paulo Coelho). Nessa reportagem, que está o link ai em cima, tem um comentário que achei bárbaro (na minha opinião, desconsidero a parte final onde ela diz, "e teve coragem de publicar um absurdo dessses):

Michelle disse:
27/11/2009 às 8:46
É verdade, vamos ver Monalisa em casa, vamos visitar Grécia, Roma e tantas outras maravilhas de casa mesmo. Vamos também jogar no google imagens e fazer um tour por Machu Picchu na comodidade do nosso sofá. Vamos deixar de ver ao vivo e ter nossas próprias impressões sobre as belezas do mundo só pq alguém teve preguiça de pagar o preço para visitar o q é bom e teve coragem de publicar um absurdo desses!

A questão aqui é o restante da crítica. Muita gente diz que é um absurdo ir esses lugares. Você está em Roma, onde encontra-se cerca de 68% da história da humanidade. O que você fará em Roma? Ir a shopping (não que isto não possa ser incluido no seu roteiro, mas ser 100% dele, acho demais!!), você pode ir a lugares bem mais baratos? Só ir a excelentes restaurantes - sim, mas não se fica o dia inteiro só comendo né? Ficar dormindo no hotel, albergue ou no lugar que você está hospedado? Se o objetivo é consumir, escolha outro lugar. Dormir, fique em casa (afinal você não gastará - ainda mais em Euro). Ir a Paris pela primeira vez, não ir ao Louvre, não ir a Torre Eiffel.. bom fila.. você encontrará quase sempre em diversos lugares. Eu tive sorte nestes lugares, por incrível que pareça não enfretei fila em Paris, em nenhum dos lugares citados - e se tivesse que enfrentá-la enfrentaria.

Acho que não se deve ir aos lugares só por obrigação. Se você não gosta de futebol, porque visitar o estádio do Real Madrid em Madri? Mas acho que não é o "ter que ir" e sim o "essencial". A minha teoria é que se você está indo a primeira vez no lugar, faça sim o basicão. Não espere não ter filas (ai a fila do Galleria - em Florença - num sol.. quem conheçe sabe)...

Minha dica: APROVEITE MUITO SUA VIAGEM. Afinal, você estará gastando, não importa a moeda, explore o local ao máximo, relaxe! Por mais que ache que tenha que fazer o basicão, faça o que quiser - já visiou um meseu e não quer ir nos outros tudo bem! Não vá só atrás do que não gostam de museus, odeiam filas, só dizem os pontos baixos da cidade.. não vai dar muito certo sua viagem!

1. Jota, continuo sendo sua leitora, tanto no blog quanto na revita impressa.

2- Michelle do comentário: caso você leia este post e queira comentar, será um prazer!

E você, qual sua opinião? :)

0 comentários:

Deixe seu comentário: